19 abril 2017

Não me deixe ir



Há algumas coisas sobre o qual não conversamos, melhor continuarmos sem falar disfarçando com um sorriso, passando por cima  fingindo e tentando acreditar que nada aconteceu. Quando os outros perguntam sobre nós,  somos rápidos em mudar de assunto, se amando e desapegando, querendo e desaparecendo. Estamos envergonhados escondendo nosso orgulho o tempo todo.

Não me deixe ir, eu posso ficar aqui insistindo, tentando mais uma vez, só não me deixe ir... segure na minha mão, mas não me deixe ir.  Como alguém pode pedir uma coisa assim? Uma coisa dessa não se  implora. Aonde vamos parar ? Mais jovens do que nunca, mais jovens do que éramos antes. Eu serei seu porto seguro quando você estiver desmoronando, segurarei firme na sua mão, não se preocupe estarei com você. Só não podemos continuar assim,  nos separando e voltando se afastando e nos remediando novamente.
Não sabemos ao certo nunca temos uma certeza, alguma hora de tanto chove e não molha,  acabe me deixando ir, solte minha mão e me deixe escapar. Quem sabe vamos acabar nos perdendo nessas idas e voltas e não encontraremos mais o  caminho de volta.
Eu sei que ninguém fica com outro por obrigação, mas não estamos falando de qualquer casal. Estamos falando sobre nos, apaixonando e desapaixonando, caindo dentro do amor, depois saindo dele.

 Há tantas coisas que ainda não vivemos, lugares que ainda não conhecemos,  de novo e de novo, mais jovens do que quando nos conhecemos. Tudo será como antes... ainda estou aqui. Não me deixe ir, segure firme na minha mão, apenas não me deixe ir...
Share with the world:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Designed by Beautifully Chaotic